INE APRESENTA OS RESULTADOS DAS CONTAS NACIONAIS DE ACORDO COM O NOVO SISTEMA DE CONTAS NACIONAIS (SCN 2008)

O INE apresentou, hoje, 15 de fevereiro, os resultados das Contas Nacionais de acordo com o Novo Sistema de Contas Nacionais (SCN 2008).  A sessão de abertura deste evento contou com a presença do Presidente do INE, Doutor Osvaldo Borges, Vice-presidente do INE, Dr. Fernando Rocha e o Diretor das Contas Nacionais, Dr. João de Pina Cardoso.

O Diretor das Contas Nacionais, Dr. João de Pina Cardoso, apresentou as justificativas para a mudança do ano de base das contas nacionais; as principais alterações introduzidas; os novos resultados das contas nacionais da base 2015 versus base 2007, na ótica da produção, demanda e rendimento; a comparação dos indicadores de desempenho económico; e a evolução da economia entre 2015 e 2016 tendo em conta a nova base.

É importante ressaltar que ao longo dos anos, as Nações Unidas têm vindo a fazer um esforço de promover a harmonização metodológica a vários níveis, nomeadamente a nível da elaboração das contas nacionais com vista a uma maior comparabilidade entre os países. Atualmente existe uma recomendação das Nações Unidas, e também ao nível regional, no sentido de se implementar o Sistema de Contabilidade Nacional de 2008 (SCN 2008). Vários países já o implementaram e outros estão em vias de implementação.

O SCN 2008 revê as normas, classificações e regras de contabilidade nacional adaptáveis na elaboração das contas nacionais. Essa revisão tornou-se necessária em consequência das grandes alterações que se verificaram na sociedade e na economia ao longo dos últimos anos, em particular ao nível das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), da crescente relevância dos ativos intangíveis, da propriedade intelectual de produtos e serviços, bem como dos fenómenos associados à globalização.

O INE de Cabo Verde assumiu este desafio e vem trabalhando desde agosto de 2017 no processo de mudança para o novo ano base 2015 (base antiga 2007), introduzindo, a partir de 2019 o aplicativo informático/ferramenta ERETES, programa este que já incorpora o SCN 2008 e com muitas funcionalidades modernas. O SCN 2008 permite uma implementação faseada, tal como aconteceu com o SCN 1993, tendo em conta a disponibilidade de informação de base, mas também de recursos (humanos, materiais e financeiros). Todo esse trabalho contou com o apoio técnico e financeiro das seguintes instituições: HCP de Marrocos, FMI (AfritacWest2), Programa PAS (Programa Africano de Estatística) e INSEE de França.

anexos

FicheiroTamanho do ficheiroDownloads
apresentacao-novo-ano-base-000000022 MB 9


Estatisticas por Temas Relacionados:

  • Notícias

Relacionados